Centenas de jovens ocorrem ao hotel Intercontinental à procura dos 900 postos de trabalho prometidos pelo PR

Mais de 300 jovens, de vários pontos de Luanda, ocorreram esta manhã ao Eixo Viário, baixa de Luanda, para, junto do novo hotel Intercontinental Luanda Miramar, inaugurado na quarta-feira pelo Presidente da República, tentarem uma oportunidade de emprego, depois de João Lourenço, no discurso de inauguração, ter referido que esta unidade hoteleira garantiu 900 postos de trabalho directos e ainda outros indirectos.

Apesar dos 900 postos de trabalho que a mais recente e luxuosa unidade hoteleira de Luanda, de 5 estrelas, garantir, o gestor do hotel assegurou que já existem mais de 3.500 candidatos à espera e que estão em formação cerca de 150 jovens.

Os jovens presentes disseram ao Novo Jornal que ocorreram ao local porque o Chefe do Estado disse ontem, 11 de Novembro, que o hotel Intercontinental Luanda Miramar vai criar cerca de 900 empregos directos e pelo facto de o Jornal de Angola estampar na edição de hoje que a nova unidade hoteleira “abre portas ao emprego”.

“A imprensa pública afirmou ontem que este hotel vai abrir porta para 900 empregos, E o Presidente da República disse que as portas estão abertas. Como a inauguração foi ontem e o Jornal de Angola destacou que o hotel abre portas ao emprego, então achamos por bem vir cá entregar os documentos”, contaram ainda os jovens.

Segundo os candidatos a um posto de trabalho que hoje se concentraram à porta do hotel, 900 vagas directas é um bom número que atrai a juventude que muito sofre por falta de emprego.

“Queremos saber quem está a mentir, se é o Presidente ou os responsáveis do hotel porque 900 é muita vaga. Se já está preenchido que nos digam”, descreveram os jovens, muito deles licenciados em hotelaria e turismo.

Sobre o assunto, o Novo Jornal tentou ouvir os responsáveis pela gestão da unidade hoteleira, mas não foi possível pelo facto dos gestores ainda não estarem a funcionar no referido hotel.

Nuno das Neves, o gestor do hotel Intercontinental Luanda Miramar, que falou à imprensa aquando do acto inaugural, salientou que pela sua imponência, o hotel vai criar 900 postos de emprego directo e muitos indirectos.

O gestor frisou que no mês de Agosto fizeram anúncios no Jornal de Angola e em várias plataformas digitais a solicitar inscrições em que foi possível obter mais de 23 mil candidatos para cerca de 85 posições.

“Dos 23 mil candidatos já foram inscritos 3.600 e desses, numa primeira fase, iremos dar início ao processo de formação, que já esta em curso, e depois à contratação dos primeiros 150 candidatos”, realçou.

Apesar de já estar inaugurado, o hotel Intercontinental Luanda Miramar continua a receber trabalhos de acabamentos no seu interior, como constatou hoje no local o Novo Jornal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Productos de Qualidade ao Melhor Preço

%d bloggers like this: