Circuito Internacional de Teatro acontece em formato digital

A 5ª edição do Circuito Internacional de Teatro (CIT) acontece este ano sem público, de 31 deste mês a 28 de Novembro, na Liga Africana, em Luanda, apenas com “lives” em directo, nas várias plataformas digitais.

Organização do festival pretende manter as homenagens aos fazedores de teatro que realizarem as melhores performances

Com a participação de 13 grupos de teatro, devido à pandemia da Covid-19, a organização informou, ontem, numa conferência de imprensa, no Memorial António Agostinho Neto, em Luanda, que depois de vários adiamentos decidiram optar por este formato.

O director do festival, Adérito Rodrigues, disse, ontem, que, contrariamente ao programado, ainda estão a negociar com a TPA para a transmissão dos espectáculos. Devido à pandemia, adiantou, vão apenas contar, nesta edição, com grupos de Luanda.

O CIT decorre, este ano, sob o lema “Angola 45 anos com teatro na promoção da cultura de paz”. O grupo Catarse Teatro abre o festival com o espectáculo “A Visita”, adaptado do livro de Fragata de Morais, o homenageado do festival. 

A gala de abertura acontece no hall do Memorial Dr.António Agostinho Neto, numa cerimónia com vários momentos culturais e a exibição de peças curtas dos grupos Tremura Show e CIT. O músico e compositor Gabriel Tchiema é o convidado especial da cerimónia. 

As oficinas de teatro e as palestras, denominadas “Bate Papo Teatral”, acontecem, nos dias 14 e 21 de Novembro, respectivamente, estando divididas em dois temas: “Diário de observação de um espectáculo”, “Do Texto à encenação, da representação à expressão” e “O ciclo da oscilação da criatividade teatral em Angola”, sob a coordenação do encenador Francisco Makiesse.

Prémios

A organização vai premiar e distinguir, este ano, os melhores grupos que participarem no festival e outorgar o prémio de melhor adaptação do livro “A visita”. 

Este ano, a organização pretende distinguir os melhores grupos de teatro nas categorias de carreira, artista, actor, actriz, dirigente, revelação, figurino e melhor grupo. Os valores a serem atribuídos aos vencedores dependem das disponibilidades do patrocinador oficial, a Sociedade Mineira de Catoca.

O festival

O CIT está enquadrado no projecto “Cultura para Todos”, uma iniciativa da Companhia de Teatro Pitabel. O teatro para crianças também integra o programa de actividades do festival, que este ano não conta com grupos infantis, devido à Covid-19.

Entre os vários projectos criados este ano para melhorar o CIT, a organização destacou a assinatura do protocolo de cooperação com a Sociedade Mineira de Catoca e outro com a Comissão Nacional da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) em Angola. 

O director do CIT, Adérito Rodrigues, fez, no encontro, um balanço positivo das quatro últimas edições, devido ao número elevado de público na assistência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Productos de Qualidade ao Melhor Preço

%d bloggers like this: